PESQUISE NA WEB

sexta-feira, 31 de março de 2017

'Terra dos vira-latas': o santuário com uma centena de cães para cada humano


Imagine como seria viver em meio a centenas de cachorros. É assim no Territorio de Zaguates, um santuário para cães abandonados na Costa Rica. Hoje, existem mais de cem cães para cada ser humano que vive ali. Tudo começou quando Lya Battle e Alvaro Saumet levaram um vira-lata para sua fazenda. Depois, chegou mais um. E mais outro. “Era para ser nosso pequeno projeto com cachorros que queríamos ajudar”, diz Lya. “Foi algo que cresceu, cresceu, cresceu. Agora, temos 600, 700 cachorros.” São consumidos no santuário 300 kg de ração por dia. Os animais vivem lá até serem adotados. O local recebe visitantes todos os meses. “Quando as pessoas vêm aqui e passam uma, duas horas com os cachorros, eles voltam (para casa) com uma mentalidade completamente diferente”, afirma Lya. Muitas pessoas são atraídas pelo caráter surreal da experiência. “Sempre quisemos vir. Você não consegue imaginar tantos cachorros juntos”, diz uma visitante. Outros vão conferir se o santuário existe de verdade. “Não achava que fosse real. Vi um vídeo no Facebook e pensei: ‘Deve ser uma montagem ou algo assim’”, diz outro visitante. O que Lya ganha com tudo isso? “O amor do cachorro é verdadeiro, é puro. Você já ganha isso só por estar ali. Nenhum ser humano pode fazer isso por você.”

Cão é 'babá' de filhotes de tigre em zoológico nos EUA





O cachorro Blakely tem um "emprego" curioso: ele é "babá" de filhotes de animais do zoológico de Cincinnati, no estado americano de Ohio. Nesta quarta, Blakely teve que "cuidar" e entreter três filhotes de tigre-malaio que foram rejeitados pela mãe, Cinta, de 3 anos. Foi a primeira gravidez da tigresa. O zoológico tem um programa de reprodução de tigres.

quinta-feira, 9 de março de 2017

Monges bolivianos adotam cão de rua e o transformam em 'frei'




Monges de um monastério franciscano de Cochabamba, Bolívia, adotaram um cachorro de rua e o transformaram em seu novo "colega". O projeto Narices Frías postou fotos do cão, que foi apelidado de Frey Bigotón (Frei Bigode), vestido em uma versão canina das vestes dos monges. Monges bolivianos adotam cão de rua e o transformam em 'frei' (Foto: Proyecto Narices Frias/Facebook) O grupo espera que a história de Bigotón encoraje outras pessoas a adotar cachorros de rua. O frei Jorge Fernandez disse à imprensa local que Frey Bigotón é um cachorro normal, que curte todas as atividades caninas. Ele disse que todos os irmãos o amam muito e que ele é "uma criatura de Deus".